O Missal de Paulo VI e a hermenêutica da continuidade

Jan612EpiphanyReuters14_zps4277d3cc

Hoje trazemos o segundo vídeo do padre Paulo Ricardo sobre a Reforma Litúrgica. Devemos destacar dois pontos:

1. O padre Paulo fala, antes de como pastor, como cientista/estudioso. O que ele coloca são, como ele bem diz, opiniões baseadas em seus estudos. Assim, por mais duras que sejam, são opiniões do sacerdote e apenas dele, ainda que embasada em estudos históricos.

2. Quase no fim do vídeo, o padre exprime sua opinião sobre a Sociedade Sacerdotal São Pio X. Deixamos aqui de maneira clara que a opinião do padre não é nossa opinião. Discordamos de sua opinião e rezamos para que a Sociedade volte-se para a Igreja. Em nossa opinião, o grito de todo cristão, por pior que seja o tempo e a tempestade, deve ser “serviam”. Gritar “non serviam”, independente da ocasião, não nos parece a melhor solução. Assim, até que a Sociedade esteja em plena comunhão, e canonicamente eregida dentro do seio da Mãe Igreja, manteremos nossa posição de que é a São Pio X que precisa da Igreja e não o oposto, evitando transformar quaisquer pessoas que sejam em heróis de uma cruzada que poderia, muito bem, ter sido realizada dentro da Igreja e não apesar dela.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...